Moeda de Prata


Ouvi um alarido, havia algo acontecendo ali. Gente chamando, pessoas gritando, outros tantos apontando para o alto.

Em meio à multidão reconheço uma voz muito familiar que dizia ser, lá em cima, uma grande moeda de prata. Uma moeda especial, com desenhos em relevo, e certamente já era bastante velha, percebia-se que certa parte de sua borda já estava gasta, carcomida por alguma coisa, talvez um bicho qualquer.

Começamos imaginar quem poderia ter comigo aquilo, havia de ser grande por demais, também haveria de voar, afinal, tão distante estava. Não, não poderia ser um bicho qualquer, não poderia. Mesma que lá chegasse, impossível seria lhe comer daquela forma.

Imaginamos então que houvessem outras iguais. Imaginamos que de tempos em tempos elas entrassem uma no caminho de outras e assim colidissem, tirando assim lascas das beiradas umas das outras. Mas nunca, nunca na história do homem alguém vira outras no céu, nem mesmo uma outra só. Sempre fora única.

Então, de novo, a multidão se agitava com estivesse em festa. Todos se admiravam com tão clara aparição no céu daquela noite, cor de prata, limpa, linda, polida. Vendo o movimento da multidão descobrimos o que ia acabando com suas bordas. Todos para ela apontavam, e quando isso acontecia pequenos raios se lançavam, e eram centenas, milhares deles. Cada um, quando a alcançava, levava consigo um pedacinho, e assim ela ia se desvanecendo, até se acabar, para depois juntar novamente cada pedacinho que fora espalhado no espaço e ir, devagar, se formando novamente.

Pessoas boas fazem coisas ruins com boas intenções, mas tudo sucumbe a um Bem Maior.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Texto Livre com as etiquetas , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s