Caminho Simples


Optei por um caminho simples,

sem ângulos ou circunferências.

Optei por um caminho simples

que fosse-me bom, gratificante.

Optei por um caminho,

sempre à frente, crescente, desafiante.

Optei por sinuosidades apenas

para cima e para baixo,  como qualquer andante.

Assim, mais simples em suas exigências.

Optei por um caminho

onde vejo o que é pleno, plano e marcante.

Não se engane se pensa que nele não caio,

ou que não temo, não sofro, não sangro.

De tudo isso experimento,

o coração aperta, a alma chora,

está tudo, às vezes, em meu semblante.

Mas como flecha do arco lançada num lance,

sigo reto na estrada arfante.

Sim, é longa, se isso me interpela,

ora passos largos, passos largos ora.

Esse é o compromisso,

que trago no coração abundante.

Tempo não há a se perder,

é nele que tudo se revela.

E assim vou andando,

reta estrada,

simples tela.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Texto Livre com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s